Desvio de Septo. O que é isso?

Atualizado: há 3 dias

O septo nasal é uma estrutura formada por osso, cartilagem e mucosa que separa as duas cavidades nasais. Quando esta estrutura está desviada chamamos de desvio de septo. O desvio de septo nem sempre é visível externamente, mas, ás vezes, o nariz pode estar torto por fora, o que se chama de laterorrinia.


Quais são os sintomas do desvio de septo?


Muitas pessoas podem não ter sintomas nenhum, mas outras podem apresentar diversas alterações pelo desvio.

As mais comuns: dificuldade de respirar pelo nariz, acumulo de secreção, dificuldade para dormir, dor na face, sinusites de repetição, entre outras.

Mas a principal queixa é, realmente, a obstrução nasal.


Como se forma o desvio de septo?


O mais comum é que esse desvio de desenvolva na adolescência, uma fase em que há um grande crescimento dos ossos nasais. Mas os sintomas podem aparecer em qualquer idade, pois o desvio pode ir se acentuando com o passar do tempo.

Outra causa de desvio são os traumas. Pancadas no nariz, boladas, quedas e outros traumas podem desviar o septo.

O desvio de septo não é tão comum em crianças, mas podem acontecer. Podem ser congênitos, ou ocasionados por trauma também.


Como saber se eu tenho um desvio de septo?

Essa imagem mostra o desvio de septo nasal e como ele atrapalha a respiracao quando é muito grande
Desvio de Septo Nasal




O diagnóstico é feito de maneira clinica, ou seja, com

um exame minucioso de um especialista é possível fazer o diagnóstico. Algumas vezes pode ser necessário a realização de uma nasofibroscopia ou tomografia nasal.







Como melhorar a respiração?


Existem medidas para ajudar um paciente com dificuldade para respirar, como uso de medicamentos, dilatadores nasais e a lavagem nasal diária. Essas medidas são pontuais e podem ajudar bastante, mas o tratamento mais efetivo para o desvio é cirúrgico.


Como funciona a cirurgia?


A cirurgia tem duração aproximada de 1 hora, é feita com anestesia geral e pode ser associada a outros procedimentos, como a turbinectomia ( que é a cirurgia dos cornetos nasais) ou com a rinoplastia ( que é a cirurgia plástica do nariz). Quando existe uma vontade do paciente de realizar a plástica nasal, o ideal é que ela seja associada a cirurgia do desvio desvio de septo.

Quantas vezes eu preciso lavar o nariz?

Perfuração septal

Corneto nasal

Posts recentes

Ver tudo